Pesquisa revela substâncias existentes na fuligem da queima da cana de açúcar - Jornal Fala Mais

Pesquisa revela substâncias existentes na fuligem da queima da cana de açúcar

O Brasil acaba de ganhar seu primeiro banco de dados que identifica um grande número de compostos orgânicos presentes na poeira e fuligem originada da queima da palha da cana-de-açúcar, chamados de material particulado atmosférico. O banco de dados traz a concentração de 172 substâncias orgânicas presentes em amostras de material particulado de regiões agroindustriais do Estado de São Paulo.

 

As altas concentrações de duas substâncias, n-alcanos e os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, foram os que mais chamaram a atenção da pesquisadora, responsável pelo estudo, a química Roberta Cerasi Urban. Os n-alcanos são compostos orgânicos que possuem apenas átomos de carbono e hidrogênio. “Os n-alcanos são hidrofóbicos, ou seja, repelem a água, e isso pode dificultar a formação de nuvens e consequentemente, alterar os regimes de chuva da região”.

 

Além de poder alterar o clima, as substâncias provenientes da queima de biomassa são tóxicas e com alto potencial cancerígeno e mutagênico, ou seja, podem causar dano à molécula de DNA. “Já foi evidenciado, também, que o material particulado gerado por estas queimadas durante o período da safra da cana, ao penetrarem o corpo humano, também podem causar doenças respiratórias e cardiovasculares”, enfatiza Roberta.

 

Nesse sentido, diz Roberta, os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, encontrados no material particulado, são uma classe de compostos químicos que a literatura já demonstrou ter um alto risco à saúde humana, pois vários deles podem causar câncer. “Sua concentração durante o período da safra da cana-de-açúcar foi até 2,3 vezes maior que os valores recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS)”.

 

As amostras analisadas no trabalho foram coletadas em 2010 e 2011, quando a mecanização da colheita era aproximadamente 60% no Estado de São Paulo. “Isso demonstra que mesmo após uma significativa redução da queima da palha, o impacto na saúde humana ainda era grande”, diz a pesquisadora.

 

 alguma coisa deve ser feito em relação a queima desses canaviais, pois muita gente está sendo prejudicada, lógico que a indústria tem o seu papel de fundamental importância na sociedade, porém a vida das pessoas e dos animais devem ser colocadas em primeiro lugar sempre.

Links relacionados

27/07/2017 às 10:00

+ Lidas