Vereador Breno Leite(DEM) de Jaraguá faz duro discurso contra grupo de imprensa - Jornal Fala Mais

Vereador Breno Leite(DEM) de Jaraguá faz duro discurso contra grupo de imprensa

TEMPO DE TRANSFORMAÇÕES
Não é só em Brasília com o Procurador Janot que deixou esta semana a procuradoria da República ou em Curitiba com o Sérgio Moro que traquinagens do dinheiro público vêm sendo denunciados. Estamos numa era de transformação.

Sim, o Brasil está mudando. Um juiz herói nacional colocando na cadeia a nobreza espúria que há anos impunemente nos dilapidava, tornando-nos um povo pobre carente de dignidade. Mas esta onda de justiça está chegando ao interior. Não só a Nobreza que vivia de contratos ilegais com o poder público está se expondo a perda do seu poderio.

 

Em Jaraguá, um médico e vereador não se intimidou e está sozinho enfrentado de peito aberto munido de provas o poderio do que ele chama de “monopólio da imprensa” da cidade!
Dr. Breno Leite enfrenta uma luta ingloriosa, sujeitando-se as campanhas difamatórias das mais agressivas, por que segundo ele, cansou e resolveu reagir à forma “covarde e criminosa com que um grupo da imprensa atenta contra boas reputações, semeia o ódio e a discórdia entre os poderes constituídos da sociedade e que também, gravemente, desvia dinheiro público.”

 

TRAQUINAGENS DA IMPRENSA E APARELHO DE MAMOGRAFIA
Na sessão ordinária desta última terça-feira, o Vereador Breno Leite denunciou um segmento da imprensa de Jaraguá que vem “fazendo contratos superfaturados com a gestão municipal através de uma empresa Gazeta de Goiás que funcionaria em endereço fantasma e que produziria material para radiodifusão com preços bem acima dos valores de mercado. Segundo o vereador, da Tribuna da casa, “assim que denunciou esta Traquinagem de Dionei, ele correu para cancelar um contrato com a prefeitura no valor de R$ 87.700,00”. O vereador sugeriu que o dinheiro que seria gasto pela prefeitura neste contrato poderia ser usado para compra de um aparelho de Mamografia.

 

FUNCIONARIO FANTASMA
Dr. Breno apresentou denúncia grave de que o proprietário da empresa Gazeta de Goiás, Dionei Joaquim de Souza, foi também funcionário público fantasma em período que era funcionário da rádio do Vereador Frei Valdair em Jaraguá de Agosto de 2014 a Janeiro de 2015, e assistente parlamentar na Câmara Municipal de Anápolis em mesmo período. O Vereador disse que protocolou denuncia ao MP em que cobra apuração dos fatos e que se devolva o dinheiro Público dos contribuintes de Anápolis!

 

MONOPÓLIO DA IMPRENSA
Por fim, Dr. Breno denunciou que este monopólio da imprensa é maléfico para a sociedade porque usam o poder da mídia para intimidar denúncia e para difamar reputações e que escondem informações relevantes como a de que Rarilton Damasceno, do site Folha de Jaraguá, está indiciado com outros dois réus em ação criminal federal grave proposta pelo Ministério público Federal que corre desde 2014 e que por força da lei de intimidação, esta informação não vem a público.”
O Vereador terminou seu discurso dizendo que a tentativa de arruinar uma reputação construída com anos de trabalho e contribuição a sociedade como médico não vingou e que vão ter devolver aos cofres públicos o dinheiro do povo e que todas as denuncias foram encaminhadas ao MP que irá investigar a partir de agora os fatos delituosos.

Links relacionados

19/09/2017 às 19:39

+ Lidas