Polêmica sobre cobrador de pênalti parece ter chegado ao fim no PSG - Jornal Fala Mais

Polêmica sobre cobrador de pênalti parece ter chegado ao fim no PSG

 

Os torcedores do Paris Saint-Germain receberam uma boa notícia na manhã desta terça-feira. Durante coletiva de imprensa na véspera da partida contra o Bayern de Munique, o técnico Unai Emery confirmou o retorno do brasileiro, que ficou fora do jogo do fim de semana contra o Montpellier por conta de um machucado no dedão do pé direito. Além do camisa 10, Di María também se recuperou de problemas físicos e está de volta. A partida pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões começa às 15h45 (de Brasília) 

A polêmica em torno das cobranças de pênalti voltou à tona, uma vez que será o primeiro reencontro de Neymar e Cavani no ataque do PSG após o desentendimento que tiveram no duelo contra o Lyon. Questionado se já havia definido o cobrador, caso haja penalidade contra o Bayern, Unai Emery deu a entender que sim.

- Já falei com os jogadores. Eles sabem como as coisas vão funcionar dentro de campo e nos pênaltis.

 

Unai Emery contará com Neymar em duelo importante contra o Bayern Mas o treinador espanhol preferiu não deixar as coisas muito claras quanto a esse tema e enrolou um pouco em outra resposta.

-São muitos jogadores preparados para bater, e muitos querem bater. Depois vemos com as estatísticas e responsabilidades quais são os mais preparados para bater. E os dois são preparados para isso, o Cavani e o Neymar. Quero os dois com essa responsabilidade. Teremos muitos pênaltis para os dois baterem e converterem, que é o mais importante.

 

Emery ainda avaliou a nova fase do PSG, principalmente após as badaladas contratações de Neymar e Mbappé, e minimizou o fato de as polêmicas terem aumentado.

- Hoje temos mais inimigos esportivos. É um processo pelo qual passamos e hoje somos um inimigo esportivo. Falam mais do PSG. Falam verdades, mentiras, mas falam mais. Somos concorrência no exterior, acho isso bom. Se falam muito do PSG é porque está entre os grandes da Europa.

O único desfalque dos franceses é Pastore, que está lesionado e sob cuidados dos médicos. De resto, o Paris vai completo para o jogão. A tendência é que o time de Emery tenha Areola, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Thiago Motta, Verratti e Rabiot; Mbappé, Cavani e Neymar.

 

Links relacionados

26/09/2017 às 8:54

+ Lidas